/*****/ /*****/

Villatina

 
In the spotlight
 
 

No bairro Villatina (Medellin, Colômbia), houve um deslizamento de terra, onde mais de 500 pessoas morreram. A iniciativa Ecoparque Camposanto Villatina reúne fortalecimento e capacidade de superar a população do meio ambiente.

 

villatina

Ecoparque Camposanto está localizado no setor comum denominado Villatina 8 e situado em Medellín, Colômbia. É considerado um espaço ambiental situado na zona marginal da cidade. Foi construído em 2010 pela administração local, em uma zona que sofreu um grave deslizamento de terra que destruiu grande parte da área habitada. Atualmente um dos principais problemas sociais em essa zona pode ser considerado não-apropriação do Ecoparque pela comunidade, devido à desestruturação social gerada pelo deslizamento. Esse contexto acarretou à uma deterioração da infraestrutura físico-social da zona e desencadeou a falta de integração entre a comunidade e o espaço comunitário.

 

Apresentaçao

 

O projeto apresentado pretende promover o desenvolvimento local através. Do reconhecimento das capacidades adaptativas das comunidades vulneráveis envolvidas. Do fortalecimento do tecido social mediante ao desenvolvimento de processos participativos de caráter socioambiental, destinados ao fomento do uso e manutenção dos espaços verdes. Desenvolvimento das capacidades da comunidade no que diz respeito a gestão do território e diminuição dos riscos ambientais, em especial o risco de deslizamentos de terra.

O projeto Camposanto Ecoparque Villatina é uma experiência demonstrativa que pode ajudar a fomentar iniciativas similares em outras áreas urbanas semelhantes na América Latina. O projeto centra-se principalmente sobre a realização e a influência positiva dos seguintes objetivos específicos:

  • Reforçar as capacidades locais e participação institucional de entidades públicas de Medellín no setor Villatina através da implementação de um diagnóstico técnico-comunitário que permita conhecer a realidade social e ambiental do sector e promover a gestão das vulnerabilidades e riscos, bem como ao fornecimento e manutenção dos serviços dos ecosistémicos.
  • Fortalecer o tecido social e desenvolvimento local através da realização de atividades comunitárias participativas que visam principalmente fortalecer a comunidade e gerar soluções que melhorem a sua qualidade de vida e seu ambiente.
  • Fortalecer o tecido social, desenvolvendo a sua capacidade de adaptação e a diminuição da vulnerabilidade da zona a pressões sociais e ambientais, tais como eventos climáticos extremos.
  • Aumentar a capacidade empreendedora dos cidadãos Villatina, encorajando-os a desenvolver ideias viáveis ​​e desenvolver projetos produtivos de proteção social e ambiental voltados a redução da vulnerabilidade local, mediante ao desenvolvimento de um curso focado na criação de empresas comunitárias de sucesso associadas a instituições propulsoras ao desenvolvimento socioeconômico.
  • Difundir o projeto participativo Ecoparque Camposanto Villatina na Colômbia, Barcelona e outras cidades da Catalunha e Espanha através da realização de sessões de informação e reflexão conjunta dentro da Semana Ecoparque Camposanto Villatina em Barcelona, ​​bem como uma exposição itinerante internacional.

Questões sociais: Estratégias utilizadas para encontrar soluções

Envolver as pessoas diretamente afetadas no processo de planejamento garante maior compromisso e melhorar a comunicação entre todos os intervenientes. A inclusão da população em equipes de trabalho reduz muitas barreiras e facilita uma abordagem integrada para alcançar os objetivos comuns.

IMG_9874

Para isso, é imprescindível a utilização de estratégias de engajamento especificamente desenvolvidas para favorecer a capitalização do conhecimento, ideias, iniciativas e experiências de todos os envolvidos.

  • Reduzir a vulnerabilidade a eventos climáticos extremos, como por exemplo deslizamentos de terra, através do uso de tecnologias sustentáveis, como biofiltros, bioswales, construídos com bambu.
  • Redução de riscos e da vulnerabilidade das comunidades marginalizadas, potencializando as capacidades da comunidade para a prevenção de situações adversas, através de processos participativos que promovam a coesão social e fortalecimento dos laços da comunidade. Esse enfoque participativo promove o compartilhamento dos objetivos comuns de maneira inclusiva fato que além de facilitar o desenvolvimento do projeto promove a auto-gestão, uma vez se termine as atuações.
  • Melhorar a eficiência do uso dos recursos hídricos por meio de estratégias e tecnologias apropriadas para a gestão do balanço hídrico da região, e em especial uso de tecnologias de escoamento de água e chuva.
  • Recuperação de espaços verdes utilizando de elementos da flora local e reciclagem, transformando a área degradada em uma paisagem que expresse a cultura da comunidade.

 








UNESCOSOST COL (TDEA)
Node Colòmbia de la Xarxa UNESCOSOST, constituïda per la Càtedra UNESCO de Sostenibilitat en conveni amb el centre Tecnológico de Antioquia (TdeA). Leer Más...
L’oficina UNESCOSOST Colòmbia es constitueix el 2008, a través d’un conveni de col·laboració entre la Càtedra UNESCO de Sostenibilitat de la UPC i el Tecnológico de Antioquia Institución Universitaria (TdeA), sent la seu més antiga d’Amèrica Llatina de la Xarxa UNESCOSOST. Actualment, l’oficina està coordinada pel professor Jorge Montoya.








ALCALDÍA DE MEDELLÍN
Alcaldia de Medellín - Gerència de Moràvia i Secretaria de Medi Ambient. Leer Más...








CÁTEDRA UNESCO DE SOSTENIBILIDAD DE LA UPC
Càtedra UNESCO de Sostenibilitat de la UPC Leer Más...
La Càtedra UNESCO de Sostenibilitat es va establir a la Universitat Politècnica de Catalunya el 1996 amb el propòsit de desenvolupar un sistema integrat d'activitats d'investigació, educació i documentació. Es van centrar principalment en l'anàlisi de la relació entre la sostenibilitat, la tecnologia i l’humanisme. Proporcionem un espai interdisciplinari, crític i obert a reorientar la tecnologia cap al desenvolupament sostenible, per reduir els desequilibris i enfortir la diversitat. El nostre grup d'edició/publicació de publicacions especialitzades relacionades amb el desenvolupament humà sostenible, com la "Revista Internacional de Sostenibilitat, Tecnologia i Humanisme", la revista "SOStenible?" I diferents llibres no periòdics. En realitat, la Càtedra UNESCO de Sostenibilitat té acords específics amb cinc universitats d'Amèrica Llatina: el Tecnològic d'Antioquia a Medellín (Colòmbia), la Universitat Federal de Bahia, a Salvador de Bahía (Brasil), la Universitat Autònoma de San Luis Potosí (UASLP) i la Universitat Nacional Autònoma de Mèxic (UNAM) a Mèxic i la Universitat Nacional de Còrdova (Argentina). Les cinc universitats en conjunt constitueixen una xarxa de gran abast, que permet una fàcil mobilitat dels investigadors i un augment de les possibilitats de trobar diferents projectes finançats.



    No hay coincidencias...
    No hay coincidencias...
    No hay coincidencias...

Càtedra UNESCO de Sostenibilitat

Universitat Politècnica de Catalunya

Tel: 937 398 050

Correu: catedra.unesco.sostenibilitat@gmail.com

  • Funder
    Ajuntament de Barcelona
  • Scope of project
    Recomponer el tejido social y articular la sociedad civil con las entidades estatales mediante actividades destinadas a la apropiación, uso y conservación de los servicios ecosistémicos del Ecoparque Camposanto Villatina, fundamentadas en la participación ciudadana y el aprendizaje social.
  • Completion date
    30/11/2016
  • Principal data
    Programa de Cooperació en Ciutats Específiques, Barcelona Solidària 2014.
  • Initial budget
    216,950€
  • Location
    Medellín, Antioquia, Colombia

About the Program


O projeto Fortalecimento Participativa Desenvolvimento Local e Adaptive capacidades das comunidades vulneráveis em Medellín. Para Experiência de Moravia no Ecoparque Camposanto Villatina se constitui como uma experiência demonstrativa para ajudar que visa em processos similares em outras áreas da América Latina.

 
Catedra UNESCO da Sustentabilidade